US$ 60,00 o barril poderia ser o preço de equilíbrio do Mercado? – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

US$ 60,00 o barril poderia ser o preço de equilíbrio do Mercado?

///
Comentário0
/
Categories

Caro(a) Trader

Mais uma semana de bull market para as bolsas acionárias. Quem não deve estar feliz é quem está comprado nas criptomoedas, devido as quedas recentes, causado pelo medo de sanções aos instrumentos na Coréia do Sul e China. Observar que ainda nesta sexta teremos, na agenda, o número de vendas no varejo do Reino Unido. Semana que vem os destaques começam somente na terça com a percepção econômica alemã e a balança comercial japonesa. Há também a possibilidade de divulgação da taxa de juros no Japão. É preciso ficar de olho para ver se confirma. Na quarta teremos vários PMIs na Europa e nos EUA, além do número dos estoques de petróleo americano. Observar que na quinta é feriado em São Paulo, aniversário da cidade, ficando a bolsa fechada. O principal destaque deste dia fica por conta da decisão sobre a taxa de juros da Zona do Euro. Já a sexta traz PIB do Reino Unido e dos Estados Unidos.

Hoje vamos voltar a falar do petróleo, último artigo foi 01/12, onde abordamos:

“Os preços superaram as possíveis resistências em US$ 54,11 e US$ 55,21 (linhas tracejadas brancas) atingindo a região de US$ 59,00. Uma bonita trajetória de alta. O cenário é possivelmente altista, porém os preços subiram rápido e sem respiro. Para acompanhar este movimento tracei a linha tracejada vermelha. Poderia ser saudável se os preços corrigissem até ela ou até as regiões de resistência já mencionadas (agora funcionando como suporte). Para cima, pode haver espaço para ir até US$ 62,00. Caso os preços não respeitarem a linha vermelha e nem os possíveis novos suportes. Pode ser preciso observar. Ainda há a LTA, que mudei da cor azul para branco. Pode ser preciso que os preços respeitem esta LTA, caso contrário pode ser sinal de começarmos a olhar para baixo”.

Vamos agora ao que aconteceu desde lá. A seta amarela indica a região de preços do último artigo. Os preços recuaram um pouco, até a linha tracejada vermelha, para continuarem a subir, ultrapassando a região de US$ 59,00 e indo até quase US$ 65,00. Poderíamos entender que este movimento demonstra força compradora, por haver pouca correção nos preços. Porém, agora, pode ser preciso redobrar o cuidado, pois tudo o que sobe rápido, pode cair rápido. Há analistas falando que a região de US$ 60 pode ser o range de equilíbrio do mercado. Petróleo acima de US$ 80,00 incentivaria muito a oferta, aumentando os custos e também estimulando outras fontes de energia. Petróleo abaixo de US$ 40,00, por outro lado, poderia complicar a vida do setor, não remunerando adequadamente muitas operações eficientes. Feito os alertas, tudo no cenário pode indicar novas altas. É preciso observar se poderá haver respeito a LTA de curto prazo vermelha e a LTA de maior prazo branca. Também as linhas tracejadas brancas, que sinalizam uma região de possível suporte, que atualizei com os últimos movimentos. Então, enquanto os preços se movimentarem acima destas marcações, pode ser preciso continuar olhando para cima. O contrário, poderá nos trazer a necessidade de começarmos a pensar em quedas.

Até a próxima semana e bons trades.