Os preços do açúcar finalmente encontraram o fundo do poço? – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

Os preços do açúcar finalmente encontraram o fundo do poço?

///
Comentário0
/
Categories

Caro(a) Trader

Rixa comercial entre China e EUA fez a semana começar azeda, porém depois as tensões aliviaram. Lembrar que ainda temos na agenda PIB da França, PMIs na Alemanha, PMIs da Zona do Euro, PMIs americanos e reunião da OPEP.

Para a próxima semana, os destaques da agenda, começam na segunda com o número de venda de casas novas nos EUA. Terça será a vez da confiança do consumidor americano. Quarta tem núcleo de pedidos de bens duráveis, vendas pendentes de moradias e estoques do petróleo, tudo nas terras de Trump. Quinta o restante do globo começa a participar da agenda com clima do consumidor e IPC alemão e reunião da cúpula dos líderes da União Européia. Neste dia também tem o PIB americano. Na sexta tem variação no desemprego da Alemanha, PIB do Reino Unido, continuação da reunião do líderes da UE e PMI chinês.

Hoje vamos voltar a falar da Açúcar, último artigo foi 27/04, onde abordamos:

“Preços romperam os US$ 12,71 indo para as mínimas. O cenário parece estar claro. A pergunta que fica é onde poderá ser o fundo do açúcar? O excesso de oferta global tem afetado os preços e pressionado a cadeia produtiva da commodity. Nesta análise, trouxe os preços no gráfico semanal para observarmos onde estão os próximos possíveis suportes para o preço da mercadoria. As linhas tracejadas brancas indicam a região entre 10,78 a 10,11. Se os preços pararem por aí podemos ter encontrado o fundo. Este é o menor patamar desde 2015. Referência de preços menores que este, somente há dez anos atrás em 2008. Então, se os preços forem abaixo deste fundo de 2015, poderão correr mais. As outras referências estão muito distantes.

Esta semana, um CEO de um importante player do mercado sucroenergético disse que a sua expectativa é que os preços somente poderão se recuperar por volta 2020. Enquanto esta previsão não se confirma, vamos também ficar de olho na LTB de longo prazo amarela. O rompimento dela poderá indicar a reversão do cenário atual. Lembrando que se tratando de commodities agrícolas é sempre importante acompanhar os relatórios do USDA, para acompanhar a evolução do “supply and demand”. Caso quiser se aprofundar, as previsões climáticas das regiões produtoras antecipam o que poderá ocorrer nas safras”.

A seta amarela indica a região de preços do último artigo. Preços pararam de cair antes dos US$ 10,78, fazendo fundo em US$ 10,90. Voltaram a subir e romperam a LTB de longo prazo amarela, para depois voltar, romper de novo e voltar. Devido a estes movimentos, no gráfico diário, de vai e vem, atualizei a LTB, na verdade, tracei uma nova na cor vermelha. Possivelmente pensar em alta, somente no rompimento e confirmação deste nova LTB no gráfico diário, ou o rompimento e confirmação da LTB amarela no gráfico semanal. Como no curtíssimo o açúcar parece indeciso, tracei uma LTA azul para acompanhar os últimos movimentos. Caso a commodity perca esta LTA azul, pode sugerir um teste dos preços no fundo em US$ 10,90. Lembrando que logo abaixo temos mais duas referências que é o US$ 10,78 e US$ 10,11. Perdendo estes patamares, possivelmente, veremos novas mínimas históricas nos açúcar.

Até a próxima semana e bons trades.

 

Leo Felipe Senger

Acesse: http://www.eufinancas.com.br