IBOVESPA, firme e forte…será mesmo? – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

IBOVESPA, firme e forte…será mesmo?

///
Comentário0
/
Categories

Bom dia Pessoal!

Como sempre, vamos dar um “giro” rápido pelo mundo e depois focamos direto em nosso índice BOVESPA.

Vamos direto ao ponto, pois semana passada foi bem agitada…

– Giro Rápido pelo Mundo

– Ásia: durante a semana passada, vimos o banco central da Austrália manter a taxa de juros em 1,50%, ao mesmo tempo que diversos números macroeconômicos da sua economia vieram abaixo do esperado;

– Velho Continente: acompanhamos o EURO fazer novas altas após os comentários do Sr. Mario Draghi, que sinalizaram que a economia do bloco segue melhorando e que está disposto a ampliar o programa de compra de títulos;

– Novo Continente: esta semana, sem dúvida alguma, o Canadá foi o centro das atenções no Mercado. Este fato se deu em virtude de que o banco central canadense surpreendeu o mercado aumentando a taxa de juros daquele país em 0,25%, agora atingindo 1,00%. Segundo as sondagens que tinham sido feitas na semana passada, somente 45% dos economistas daquela região acreditavam em um aumento;

– Pousando em nossa movimentada República

Aumento por parte dos bancos nas projeções para o PIB, possível votação das reformas em outubro, novas denúncias, pedido de cancelamento da “delação premiada” dos executivos da J&F, entre outros.

Nova redução na taxa Selic e dólar atingindo regiões de dois anos atrás…

Após esses “giros rápidos” vamos direto aos gráficos.

– Ilustração e Opinião

O principal índice inglês, o FTSE 100, registrou uma queda de -0,26% na última sexta-feira, basicamente repercutindo as novas dúvidas sobre o BreXit, mais especificamente o que pode acontecer com as fronteiras Irlandesas. Já o índice norte americano Dow Jones, fechou a sexta-feira em leve alta +0,06%, ainda cauteloso com a possível chegada dos furacões Irma e Jose.

Vamos dar uma olhada técnica em nosso índice.

Como de praxe, a primeira imagem foi utilizada na análise da semana passada, enquanto que a imagem seguinte reflete o que aconteceu nesta semana junto com os cenários.

Com base no movimento que acompanhamos na semana passada em nosso índice BOVESPA, vimos à realização do cenário 01, que tínhamos traçado anteriormente. Observando o movimento de nosso IBOV, é possível elaborar dois novos cenários para a semana vindoura:

– Cenário 01: em nosso cenário de alta, foi possível adicionar duas variáveis técnicas. A primeira foi à inclusão de uma linha de tendência de alta “rápida” (desenhada em verde pontilhada) e também a resistência histórica em 73920 pontos de Setembro de 2008 (linha horizontal verde clara). Caso os touros continuem dominantes em nosso mercado nesta semana que se inicia, este fato poderia fazer com que a região de suporte/resistência seja testada e se superada, poderia levar nosso IBOV para regiões ainda mais altas.

– Cenário 02: os vendedores, (ursos) tentaram dominar o mercado na quarta e na sexta-feira, contudo não obtiveram força suficiente para frear o que eu chamei de “foguete brasileiro”, o IBOVESPA. Caso exista um domínio por parte dos vendedores esta semana, poderíamos ver um novo teste na região de 72650 pontos que, se superada, poderia fazer nosso índice testar algumas regiões de confluências (marcadas com preto) nas zonas inferiores.

– Resumindo: parece que o que eu chamei de “foguete brasileiro” continua com força e com combustível para testar regiões ainda mais altas, contudo os vendedores poderiam sabotar esta trajetória caso obtiverem do “domínio” do mercado esta semana.

Sucesso à todos nós e até semana que vem!