E Agora a Sua Poupança?? – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

E Agora a Sua Poupança??

///
Comentário0
/
Categories

Dizem que depois da Tempestade vem a Bonança…depende do ponto de vista, pelo menos quando o assunto é Economia. Como sabemos, as Crises e os Crescimentos se desenvolvem em Ciclos. Quando tudo está indo bem, com o desemprego caindo, inflação aumentando e a economia aquecendo, geralmente os Bancos Centrais adotam medidas mais rígidas, com juros mais altos, para conter a escalada de consumo, principalmente a inflação. No cenário contrário, de desaquecimento econômico, pode ocorrer o inverso das medidas, como afrouxamento quantitativo e as quedas dos juros para estimular o consumo e combater a diminuição do poder de compra em função do maior desemprego.

Pois, bem! Mas o que todo este cenário tem a ver com a Minha Poupança? Tem tudo a ver, não somente com a sua Poupança, mas com todos os seus Investimentos em Renda Fixa. O Brasil, se comparado às grandes potências alguns anos atrás, atravessou muito bem uma das maiores Crises Globais, que foi a do “subprime” iniciada em 2008, que respingou até 2016 nos EUA e na Europa. Foi uma época de “vacas gordas” em nosso país, de crescimento econômico, aceleração, desemprego considerável e juros altos (se considerarmos o período até 2014, antes da reeleição de Dilma Roussef e do início da Lava Jato). Foi uma época em que bastava o Investidor aplicar o seu dinheiro em renda fixa para desfrutar de rendimentos consideráveis no longo prazo. O Tesouro Direto foi um dos preferidos, nunca esteve tão na moda. LCIs e LCAs, por serem isentas de impostos, bateram recordes! Até quem optou por menos esforço e deixou seu dinheiro na Poupança, não se viu insatisfeito. Os Juros Altos contribuíram para tudo isso.

Mas, e agora que as taxas voltaram a cair atingindo mínimas de anos atrás, o que fazer com os seus Investimentos? A resposta é DIVERSIFICAÇÃO. Mercados Financeiros, assim como as Políticas Econômicas são dinâmicos. Existem algum fundamentos e parâmetros que podem embasar as decisões, mas o Investidor que desejar sucesso no longo prazo precisará sempre estar atento às novas tendências e oportunidades. Ficar na mesmice poderá custar caro.

Vimos recentemente o nosso Índice Bovespa atingindo recordes atrás de recordes, quebrando as máximas históricas. Como isso é possível? Por duas razões: a primeira é que o Brasil está barato! Atravessamos uma Crise sem precedentes na história, mas medidas estão sendo tomadas para nos levantar e, um país que figura entre as maiores economias do mundo, com amplo território, populoso, solo fértil, rico exportador de commodities e consumista, tem suas ferramentas para se reconstruir. Suas principais empresas então com Ações baratas e mais cedo ou mais tarde, poderão se valorizar. O segundo ponto crucial é que o Investidor “antenado” saiu da “casinha” e voltou pro “jogo”. Era muito confortável investir em LCI em 2015, com uma taxa de juros a 14,25% ao ano, sem risco e isenta de impostos. Pra quê me indispor na Bolsa negociando Ações, Câmbio, Índices, etc, com uma condição dessas? Hoje, o cenário mudou. Quem quiser manter a roda da fortuna girando a todo vapor precisará lutar pelo dinheiro e ir atrás de melhores oportunidades e negociar na Bolsa de Valores ou abrir sua Conta de Trading em alguma outra corretora no exterior para negociar ativos mais líquidos, o que pode ser uma saída interessante também.

SOLUÇÃO: colocar a mão na massa! Já comentei em Artigos anteriores que todos, na minha opinião, são Traders! Você é Trader quando busca o melhor posto para abastecer o seu carro e as promoções no supermercado. Por que não ir atrás de formação para aprender a lidar com o seu DINHEIRO no Mercado Financeiro? Confesso que no começo não é fácil, mas é um bem necessário. Ninguém cuidará melhor do seu DINHEIRO do que você mesmo. A profissão de Trader fora do Brasil é muito mais comum. Em países como EUA, Japão, Inglaterra, Canadá e Suíça é normal as pessoas terem a sua profissão e suas contas de Trading em paralelo, onde aplicam o seu capital. Mesmo porque, lá seria “impossível” enriquecer com as taxas de juros disponíveis em renda fixa. Se o Brasil será um país do futuro, será com juros baixos, portanto, quanto antes aprender a investir, mais cedo poderá conquistar a sua Liberdade Financeira.

*Se quiser saber mais a respeito de como funcionam os Ciclos Econômicos, assista a minha Palestra apresentada no 2º Congresso Brasileiro de Traders Online clicando no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=amytfvM_O8E

 

Sucesso e até amanhã com a nossa Análise do Dia!