Como eu desenvolvi a Geometria Comportamental – Youtrading

Como eu desenvolvi a Geometria Comportamental

Como eu desenvolvi a Geometria Comportamental

//
Posted By
/
Comentário0
/
Categories

Como todo o jovem que é apresentado ao mercado financeiro, meu primeiro contato com um monitor de cotações faz com que o meu cérebro vivesse uma experiência profunda que tentava entender se aquilo que estava sendo apresentado era uma incrível oportunidade de ser livre e por tirar o dinheiro que eu quisesse dele ou se seria uma terrível experiência de dor e perda. Acredite se quiser, foi uma terrível experiência de dor e de perda.

Tive vários lampejos de vitória, o que alimentava minha esperança de que uma hora as coisas iriam melhorar e o resultado viria. Por sorte, tive mentores no meio do caminho. Pessoas que realmente eram especuladores e viviam do mercado. Pessoas que pensavam muito diferente da maioria e talvez, seja por isso que tinham tamanho sucesso no mercado. Essas pessoas me transmitiram alguns ensinamentos que hoje são os pilares da Geometria Comportamental, uma metodologia que ficou pronta no ano de 2011 e desde lá ensino algumas pessoas todos os anos a entenderem como é possível compreender o fluxo comportamental do mercado através da leitura das estruturas que os preços formam.

Você já estudou Elliott?

Se você nunca estudou o princípio das ondas de Elliott não teve a oportunidade ainda de tentar compreender o comportamento do mercado e os possíveis movimentos futuros. Quando você estuda uma metodologia como essa, sua mente se abre para como o mercado pode agir em um futuro próximo e quando começa a ver as coisas acontecendo conforme o que era esperado. Você quase se sente um “semi DEUS”, porém, na verdade não foi nisso que me tornei e sim, tomei grandes tombos, pois a mente não estava pronta para conseguir tirar proveito do que o mercado fazia. Ao invés de aproveitar as oportunidades, queria ditar as oportunidades. Ao invés de ser flexível, queria tomar o controle e ditar as regras do jogo. Isto fez com que, ao invés de ter sucesso, tivesse o fracasso. Ou seja, as ondas de Elliott, apesar de explicarem muito bem o que o mercado fez, não me ensinaram como eu poderia tirar proveito dessa informação.

Coaching Financeiro

Quando em 2009 decidi me tornar um trader profissional e assim viver somente da especulação em bolsa, senti um grande choque de mundo. Vi que apesar de ter muito conhecimento de análise gráfica, possuía pouco conhecimento de mim como pessoa. Querendo ou não, meus anos de especulação foram dentro de uma corretora, negociando o capital de terceiros e a minha inteligência emocional estava em outra escala. Ao me deparar com um custo de vida elevado para uma pessoa que vivia do mercado financeiro, tive de me redesenhar. Foi ai que busquei ajuda com formações em coaching e PNL e redesenhei os ensinamentos para que pudesse entrar em um processo de self-coaching, pois como traders, precisamos sempre desenvolver o nosso melhor. Precisamos ser capazes de olhar nossa realidade de forma objetiva. Necessitamos ser altamente flexíveis e ao mesmo tempo, firmes e convictos em nossas tomadas de decisões. Nosso pensamento tem de ser limpo. Nossas emoções equilibradas e, até mesmo, precisamos aprender a respirar novamente, pois o fato de depender de algo que não temos controle para gerar resultado é extremamente assustador quando as coisas não vão bem.
O coaching entrou para o mundo da Geometria Comportamental e todo o trader de sucesso é capaz de fazer self-coaching.

Movimentos Harmônicos

Em 2010 tive o contato com o Harmonic Trader. Uma caixa de ferramentas que transformaram a forma como eu enxergava o comportamento dos preços no mercado. Tudo mudou da noite para o dia. Em um final de semana, durante 48 horas, fiquei obcecado em cima de dois livros, estudando as informações e ao mesmo tempo escrevendo uma nova filosofia de como as coisas se comportavam. No entanto, a forma de ver o mercado em padrões limita muito a nossa capacidade de percepção, além de nos gerar uma imensa expectativa, o que faz gerar uma imensa frustração quando as coisas não acontecem. O Mercado é mais fluido, abundante e de difícil padronização.

A Geometria Comportamental

A Geometria Comportamental é mais do que a soma de algumas teorias. Ela é uma filosofia da qual utilizamos para percebemos o movimento dos preços gerado pela interação dos participantes do mercado. A marca que o preço deixa ao longo do tempo não tem a capacidade direta de informar o que o mercado fará a seguir, porém tem a capacidade de nos dar a direção do fluxo que está a ser iniciado, assim como alguns sinais de quando um fluxo termina.
Com a Geometria Comportamental, somos como surfistas, que entendem que existem momentos de calmaria e momentas de envolvimento direto e que nos permite surfar durante um período. Assim como os surfistas, precisamos nos preparar e integrar com o fluxo da onda do mar. Você não consegue entrar em uma onda após ela ter quebrado, existe um momento para isso. Você não consegue aproveitar ao máximo a onda caso seu equipamento não esteja em condições, seu condicionamento físico não permitir ou se a sua mente pensar em outra coisa que não seja integrar a próxima onda. Tudo isso, somado a uma matemática presente nas estruturas de toda a forma de vida, a razão de Fibonacci e suas derivadas, eu desenvolvi a Geometria Comportamental e todo um conceito de como interagir com o mercado financeiro, afim de surfar as melhores ondas presente nele.

Espero que tenha gostado dessa pequena história. Abraços, Gustavo Almeida.

Para saber mais a respeito dos conceitos da Geometria Comportamental, acesse o site: http://www.geometriacomportamental.com.br/