Marco Simonetto – Youtrading
By

Marco Simonetto

Segunda 13/1/2020 – Análise Ibovespa

///
Comentário0
/
Categories
Obviamente, as tensões que vimos no cenário geopolítico, especialmente em relação aos EUA vs Irã, tiveram um impacto importante em todos os mercados mundiais e o nosso mercado local também foi impactado. Independentemente disso, vimos os números referentes a produção industrial de novembro/19 virem muito abaixo do esperado, na verdade, vieram o dobro...,

Dia 6/1 – Análise Ibovespa

///
Comentário0
/
Categories
Apesar de termos tido uma semana de pregões reduzidas, devido aos feriados, eu havia comentado no artigo da semana passada que gostaria de ver os números que estariam sendo divulgados na última sexta-feira. O PMI veio acima de 50, o que teoricamente segue mostrando uma expansão do setor, contudo vale destacar que o mesmo índice caiu 2,4% em relação a última leitura o que faz com que eu fique mais atenção na próxima divulgação deste indicador.

Eu falei, mostrei e operei, última do ano!

///
Comentário0
/
Categories
Acompanhamos o “sentimento do mercado externo” ajudar nosso IBOVESPA, durante a semana passada, contudo também vimos o índice IGP-M ficar levemente abaixo da expectativa – 2,09% invés de 2,12% no mês de dezembro- e o índice de desemprego reduzir ( pouco é verdade) – 11,2% - porém sinalizando uma possível tendência de baixa e terminamos vendo um aumento no nível de empréstimos bancários.

“Ninguém segura este bebê” eu falei semana passada!

///
Comentário0
/
Categories
Durante toda a semana, reforcei essa visão na abertura do mercado no domingo passado, que o sentimento do mercado tinha mudado em virtude dos fatores externos que aconteceram – Brexit e acordo entre EUA e USA (principalmente) - e entender que atualmente as economias domésticas estão mais conectadas e reagem mais rapidamente a fatores externos importantes, nosso IBOV não seria uma exceção.

Rabo de foguete!

///
Comentário0
/
Categories
A primeira semana do mês de dezembro já marcou história em nosso mercado nacional, visto que o índice Ibovespa, registrou uma nova máxima histórica está semana. Na parte de indicadores econômicos, acompanhamos a divulgação do PIB trimestral e do PIB anual, ambos surpreenderam os analistas com resultados de 0,6% e 1,2% respectivamente.

Fui, mas voltei afinal fiquei com saudade!

///
Comentário0
/
Categories
Tivemos uma última semana do mês de novembro muito interessante em nosso índice IBOVESPA, visto que vimos uma grande realização por parte dos vendedores no início da semana, contudo após a melhora do humor no mercado internacional foi possível acompanhar uma entrada de força comprado em nosso índice apesar do número de desemprego ter permanecido igual (11,6%) e a relação dívida/PIB ter aumentado 0,9%, agora registrando 55,9%!

Daqui você não passa!

///
Comentário0
/
Categories
Mais uma vez, acompanhamos nosso IBOVESPA sentir a pressão das tensões internacionais, especialmente as questões ligadas ao acordo entre os EUA e a China, o famoso FASE 1. Como mencionei no artigo da semana passada, estava de olho no IPCA 15 na sexta, indicador que veio levemente abaixo do esperado acumulando um alta de 2,67% no ano.

No alvo e os descrentes da análise técnica!

///
Comentário0
/
Categories
Durante a semana passada, acompanhamos nosso IBOVESPA ser impactado fortemente por dados internacionais e, novamente, por questões políticas de nossa República. Gostaria de relembrar que estamos nas épocas de divulgação de alguns balanços empresariais nos quais foi possível verificar que algumas empresas souberam aproveitar esta pequena melhora na economia enquanto outras trouxeram números negativos.

Cheguei…mentira. Já estou aqui faz anos!

///
Comentário0
/
Categories
Mencionar que o IPCA do mês passado veio levemente acima do esperado, porém que o acumulado no ano segue abaixo da meta do governo não transmitiria o que realmente impactou nosso índice esta semana. Retirando as questões do mercado externo (que falo na abertura do mercado), internamente, nosso IBOV sentiu pesadamente a questão da decisão do STF referente a prisão na segunda instância.
1 2 3 13