Análises – Youtrading

Análises

USDJPY em viés de Alta a espera de Atas do FED

//
Comentário
Para essa semana separei o par Dólar X Iene para analisarmos. Antes de irmos para o gráfico, gostaria de contextualizar o cenário fundamental, para que possa ficar a par dos principais assuntos políticos e econômicos que podem influenciar o ativo.

OURO testa importante zona de resistência

//
Comentário
Falando em Ouro, partimos para a nossa Análise do Ativo. Notamos como no primeiro trimestre de 2018, a região que os preços se encontram agora, entre os 1298.50 – 1310.00 funcionou como um importante suporte, até ser rompida. No momento da análise, os preços vêm de um rally de alta e chegam para testar essa zona que poderá funcionar como resistência, se tivermos atuação dos vendedores.

Análise IBOVESPA: Será que o “TREM” sai dos trilhos esta semana??

//
Comentário
Apesar de curta (devido ao feriado da sexta-feira) tivemos uma semana bem interessante em nosso mercado nacional. IPCA veio levemente abaixo do esperado, em sua leitura mensal (0,30), contudo o índice de evolução de emprego do CAGED veio levemente melhor do que o esperado; Infelizmente tivemos o caso de mais uma barragem se rompendo (em MG) resultando em vidas perdidas, afetando o ecossistema do local e ainda suspeitas de que outras barragens podem romper-se.

GBPUSD estabiliza com atual cenário do BREXIT

//
Comentário
Por incrível que pareça, partindo-se para a nossa Análise Gráfica do par GBPUSD, podemos notar como este atual cenário do BREXIT pode ter trazido uma certa estabilidade para a Libra. No gráfico diário, notamos como os preços podem seguir um viés altista de momento, após encontrarem suporte na região entre 1.2475 até 1.2415.

Análise Ibovespa: “Hasta la vista baby”!!

//
Comentário
Na terça-feira, acompanhamos a divulgação do numero das vendas referente a novembro, um aumento substancial de 4,4%, mostrando que o brasileiro passou a esperar a famosa “Black Friday” para fazer algumas de suas compras.

Análise S&P500: Fazendo o dever de casa!

//
Comentário
Com o intuito de objetivar este estudo, irei citar somente alguns dos fatos, por exemplo: tivemos um aumento na taxa de desemprego dos EUA para 3,9%, porém ressalto que para muitos economistas os Estados Unidos da América seguem estando em uma situação de pleno emprego; houve uma criação de emprego acima do esperado divulgada pelo indicador NFP (312 mil criados efetivamente enquanto a previsão era de 179 mil);
1 2 3 52