Análise S&P500: Cadê meu energético? – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

Análise S&P500: Cadê meu energético?

///
Comentário
/
Categories

Bom dia, Pessoal!

Antes de começar, gostaria de lembrar a todos aqueles que não leram a análise anterior podem fazê-lo Clicando Aqui.

Tendo dito isto, vamos direto ao que interessa…

– “Por dentro dos EUA”

Todos os olhos sobre o Sr.Powell, como eu havia antecipado no artigo da semana passada.

O presidente do banco central norte-americano, Sr. Powell, anunciou mais uma elevação de 25 pontos básicos na taxa de juros dos Estados Unidos da América elevando o intervalo de 1,75-2,00% para 2,00-2,25% a.a.

Além disto, o presidente do FED anunciou um aumento na expectativa de crescimento da maior economia do mundo, prevendo agora um PIB de 3,10%, além de anunciar uma expectativa de baixa na taxa de desemprego até o final do ano.

Outro fato importante foi à retirada do termo “acomodativo” em seu relatório, gerando uma expectativa que a evolução da economia está de acordo com as expectativas do banco central daquele país.

Após estes comentários vimos inicialmente uma pressão de venda no índice dólar, contudo a mesma acabou sendo anulada após os comentários do Sr.Powell.

Mas vamos direto aos gráficos…

– Ilustração e Opinião

O S&P500 fechou nesta última quarta-feira registrando uma queda de -0,33% fechando exatamente na zona de confluência localizada em 2.905,97 pontos.

Vamos dar uma olhada técnica no S&P500.

Acompanhamos o índice efetuar o movimento que desenhei no cenário 02, isto é, não conseguiu romper a zona de resistência localizada em 2.941,82 pontos e vindo testar a zona de confluência, marcada com um circulo preto. Com esta movimentação vamos dar uma olhada em alguns cenários possíveis.

– Cenário 01: Não fiz nenhuma alteração nos elementos gráficos, pois em minha opinião os mesmos continuem válidos e confirmados pelo mercado. Caso os compradores se interessem pelo nível de confluência (círculo preto) e retome o controle do mercado, este fato poderia aumentar probabilidade de vermos um novo teste na região de resistência localizada em 2.941,82 pontos e caso superada, poderíamos ver um novo topo histórico.

– Cenário 02: Exatamente nesta região, no dia 30/08, vimos um controle do mercado por parte dos vendedores que impulsionaram o índice S&P 500 em direção à zona de suporte localizada em 2.872,50 pontos. Caso os “ursos” possam conseguir tomar o controle do mercado, poderíamos ver uma “quebra” da linha de tendência rápida de alta, que poderia sinalizar um aumento na pressão vendedora no índice.

– Resumindo: Ainda nesta semana, teremos a divulgação de números importantes da economia norte-americana, como o PIB e mais um discurso do presidente do FED.

Além disto, faço a ressalva que durante a semana que vem teremos a divulgação dos números de desemprego, inventários de petróleo e outros, que tradicionalmente podem impactar fortemente o mercado.

Será que veremos um novo “UP” no mercado norte-americano devido às declarações do FED?… Vamos ficar de olho!

Espero você na próxima semana!

Marco R Simonetto

MTeamBRwww.mteambr.com