Análise Milho – 25/8/17 (Sex) – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

Análise Milho – 25/8/17 (Sex)

///
Comentário0
/
Categories

Caro(a) Trader

Semana mais lateral para os mercados externos, apesar de internamente o Bovespa ter tido bons movimentos direcionais. Na agenda, ainda nesta sexta, teremos o PIB alemão, o número de pedidos de bens duráveis americano e os discursos de Janet Yellen e Mario Draghi. Importante ficar atento a estes discursos. Eles poderão dar indícios de como poderá ser a política monetária americana e da Zona do Euro daqui pra frente.

A semana que vem promete ser agitada pela agenda, com destaques começando na terça-feira com o PIB francês e os números da confiança do consumidor nos EUA. Na quarta, teremos a variação de empregos privados, PIB e estoques de petróleo nos EUA e o PMI industrial chinês. Na quinta, sairá a variação no desemprego alemão, IPC da Zona do Euro, vendas pendentes de moradia nos EUA e PMI industrial na China, agora o número medido e divulgado pela Caixin. E na sexta, PMIs europeus e americano, PIB brasileiro e o famoso nonfarm payroll nos EUA.

Hoje, voltaremos a falar do milho. Nossa última análise foi em 14/07, onde abordamos:

“A LTA de curto prazo branca da análise anterior foi rompida, porém antes os preços romperam as resistências. O fundo da correção usamos para traçar uma nova LTA, agora em amarelo tracejado. Enquanto os preços se mantiverem acima desta nova LTA, poderemos pensar em altas. Há possíveis resistências em US$ 405 e US$ 438. Este cenário altista pode se desconfigurar caso não sejam rompidas as resistências, mas sim, a LTA tracejada amarela.”

Vamos agora ao que aconteceu desde lá. A seta amarela indica a região de preços da última análise. Começou com respeito pela LTA amarela, os preços subiram, mas não chegaram perto da resistência. Voltaram e romperam a LTA amarela para baixo buscando novas mínimas. O possível cenário altista se desconfigurou e agora pode ser possível pensar em mais quedas. Pode haver espaço para os preços irem até US$ 314 / US$ 315.

Como a queda foi bem direcional, pode ser que tenhamos respiros do preço, onde poderiam ocorrer entradas no movimento baixista. Para pensarmos em altas, os preços podem precisar para de cair e pelo menos ficarem acima de US$ 376,00, sendo que o cenário altista pode se configurar da resistência em US$ 405.

Até a próxima semana e bons trades!

Leo Felipe Senger

Atua desde 2007 com operações em bolsa de valores e desde 2015 como trader profissional de derivativos. Campeão do 1º desafio Vida de Trader. Formado em economia com especialização e mestrado em administração estratégica. Especialista em Finanças Pessoais coordenador do site Eu Finanças. Assessor de Investimentos proprietário da LF Capital – Finanças e Investimentos.

Eu Finanças – http://www.eufinancas.com.br/

Eu Trader – http://www.eufinancas.com.br/eutrader

LF Capital – https://www.lfcapital.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/eufinancas