Análise Ibovespa: BREXIT, pior que a brincadeira do “telefone sem fio”! – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

Análise Ibovespa: BREXIT, pior que a brincadeira do “telefone sem fio”!

///
Comentário
/
Categories

Bom dia, Pessoal!

Vamos direto ao assunto! Como sempre vamos dar um “giro” rápido pelo mundo e depois focamos em nosso índice BOVESPA.

!!ULTRA-NOVIDADE!! -> TENHA acesso a um treinamento totalmente gratuito além de uma lista de transmissão de WHATSAPP da MTEAMBR -> BASTA CLICAR AQUI!

– Giro Rápido pelo Mundo

Começamos nosso “giro pelo mundo” trazendo o consolidado das principais bolsas mundiais e os fatos que mais impactaram o mercado financeiro (ações, índices, moedas, metais, commodities).

Esta semana no mercado Ásia-Pacífico tivemos diversas uma maré vermelha em quase todos maiores índices daquela região, o único índice que se salvou foi o HANG SENG (Hong Kong) que fechou a semana com valorização de +0,12% na semana.

Semana passada, chamei a atenção para a forte queda que vimos no DAX e no Euro Stoxx, algo que não costuma acontecer. Nesta semana, tivemos uma “leve” valorização nos índices, chamando atenção para o FTSE 100 com +0,99%, o DAX, com +0,72% e o EURO STOXX com +1,11%. Tivemos uma semana extremamente volátil, especialmente pelos acontecimentos do BREXIT.

No “novo continente”, esta semana os índices fecharam, novamente, no campo negativo, porém o índice Dólar fechou com quase 1% de valorização, algo que é condizente com o movimento que vimos nas bolsas norte-americanas. As commodities também não ajudam as empresas destes setores, impondo ainda maiores pressões sobre as mesmas.

Abaixo um pequeno resumo dos principais fatos que me chamaram a atenção e impactaram fortemente o mercado nesta última semana, por região.

– Ásia-Pacífico: Acompanhamos o mercado asiático sofrer com a falta de decisão sobre a reação EXCLUSIVO PROJETO SAT

– Velho Continente: escrevi semana passada que a “CHAPA TAVA QUENTE” e nesta semana EXCLUSIVO PROJETO SAT

– Novo Continente: Os bons números da maior economia EXCLUSIVO PROJETO SAT

– Pousando em nossa movimentada República

O relatório FOCUS, não trouxe nada de diferente do que estamos acompanhando para o primeiro trimestre de 2019, contudo este sinalizou que poderemos ter uma alta menor do que a prevista na taxa Selic, que foi mantida em 6,50%; As vendas do varejo de outubro registraram queda de -0,4% e anualmente registraram um aumento de 1,90% frente aos 3,2% que tinham sido projetado pelos economistas.

Nosso índice IBOVESPA teve uma semana negativa, acumulando uma queda de -0,76%.

Após esses “giros rápidos” vamos direto aos gráficos.

– Ilustração e Opinião

Tanto o FTSE 100, um dos principais índices do Reino Unido como o Dow Jones, um dos principais índices norte-americanos, registraram quedas no último pregão da semana, -0,47% e -2,02% respectivamente. Impactados fortemente pelos aspectos que comentei acima sobre cada região do globo.

Vamos dar uma olhada técnica em nosso índice.

Como de praxe, a primeira imagem foi utilizada na última análise que foi divulgada, enquanto que a imagem seguinte reflete o que aconteceu nesta semana junto com os cenários.

Durante a semana passada, foi possível identificar que logo no primeiro pregão da semana, vimos um domínio maciço dos vendedores levando o IBOV para próximo dos níveis que havia desenhado no CENARIO 02, contudo já na terça-feira os compradores conseguiram retomar o controle do índice e levar para região superiores a 87.200 pontos. Observando o movimento de nosso IBOV nesta semana, penso em dois cenários possíveis:

– Cenário 01: Uma vez mais, os compradores mostraram grande interesse na região localizada +- em 85.700 pontos e foram capazes de ajudar nosso IBOVESPA a superar a região de confluência de fatores em 87.200 pontos. Caso os compradores se mantenham no controle de nosso índice, este fato poderia aumentar as probabilidades de vermos um teste na região de 89.500 pontos em um futuro muito próximo.

– Cenário 02: Os vendedores conseguiram fazer com que esta semana pudesse haver um acumulo negativo em nosso índice, contudo este foi pequeno. A região que o IBOV se encontra atualmente tem sido considerada muito interessante pelos vendedores, (veja os movimentos feitos em 07/11, 21/11 e 10/12) contudo os mesmos não estão conseguindo controle absoluto do mercado como vimos em maio deste ano. Caso os vendedores voltem ao controle do IBOV, este fato poderia aumentar as probabilidades de vermos um novo teste na região de confluência de fatores localizado em +- 85 mil pontos.

– Resumindo: Na próxima semana teremos uma semana interessante, tanto nacionalmente como internacionalmente. Em nossa república teremos a divulgação do índice de Evolução de emprego, ATA DO COPOM, Reunião do CMN e o fluxo cambial estrangeiro. Já no mundo, teremos diversos banco centrais apresentando suas modificações em suas políticas monetárias além de termos provavelmente a divulgação do último aumento na taxa de juros da maior economia do mundo.

Caso você queira participar de um TREINAMENTO TOTALMENTE GRATUITO além de participar de uma lista de WhatsApp exclusiva, comigo e com a equipe da MTEAMBR basta clicar aqui!

Espero você na próxima semana!

Marco R Simonetto

MTeamBRwww.projetosat.mteambr.com