Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

///
Comentário0
/
Categories

Uma das ferramentas que pode ser mais poderosa e perigosa utilizada por traders e investidores profissionais é a famosa alavancagem. Com o avanço e acesso eletrônico aos mercados financeiros globais, hoje ela também é de muito fácil acesso para traders pessoa física em muitos ativos financeiros.

Negociar em conta margem e alavancado significa que o trader/investidor pode comprar e vender ativos no mercado financeiro que valem mais do que o capital disponível em uma conta de investimento. Um exemplo fácil é o operacional no mercado de moedas, Forex, através dos contratos alavancados conhecidos como “Contratos por Diferença”, CFDs. As corretoras de CFDs oferecem alavancagem e acesso à conta margem pedindo como garantia apenas um pequeno de depósito, que pode variar de USD 50 até USD 500.

A alavancagem oferecida pelas corretoras permite que os traders ampliem o efeito das oscilações dos ativos negociados, como as moedas. Uma margem de 1% significa que o trader pessoa física pode negociar até USD 1.000.000 (um milhão de dólares) mesmo tendo uma conta com USD 10.000. Como exemplo, uma margem de 1% corresponde à 100:1 de alavancagem. Colocando para funcionar: USD 10.000 são 1% de USD 1.000.000.

Hoje em dia, com o MiFID II (framework legislativo que visa ampliar a regulação das negociações em dark pools e balcão – OTC), as corretoras com sede em países da União Europeia possuem restrições quanto ao nível alavancagem oferecida em derivativos como os CFDs para pessoa física. O nível vai 1:1 até 30:1, dependendo do ativo (liquidez, volatilidade e tamanho da exposição). Porém, ainda é possível ter acesso a alavancagem maior caso a corretora ofereça contas em países com uma legislação mais flexível, como nas Bahamas ou Austrália. Assim, o trader poderá ter acesso à até 500:1.

Usar uma alta alavancagem é uma ferramenta que pode potencializar a lucratividade dos traders de forma rápida, mas também há um grande risco envolvido: o trader pode ter prejuízo significativo, podendo perder todo o dinheiro da conta.

Por isso, é muito importante que o operador acompanhe de perto o nível de alavancagem da conta e saiba mensurar com cautela a relação de risco/recompensa de uma operação alavancada em uma conta com margem pequena.

Em uma operação à vista (spot), em que o nível de alavancagem é de 1:1, para abrir uma operação com exposição à USD 100.000 (cem mil), o operador precisaria desse montante total disponível em conta. Essa operação é do tipo spot (à vista), e com as condições das corretoras de varejo, pode não ser muito atrativo realizar operações spot devido às regras, custos de spread e manutenção da posição.

Portanto, dominar o entendimento e o uso de alavancagem em conta margem pode ser uma ferramenta transformadora para os traders pessoa física. Independente do “timeframe operacional”: curtíssimo, médio ou longo prazo. Em todas as janelas, a alavancagem pode funcionar, mas além do poder de ter uma exposição maior e potencializar as chances de lucratividade, a posição também pode gerar grandes prejuízos, podendo até quebrar a conta. Por isso é crucial que o trader tenha conhecimento integral de como funciona a alavancagem de todos os produtos do mercado financeiro.

Anderson Alves

Go Day Trading –  https://godaytrading.net

Canal Youtube – https://www.youtube.com/c/GodaytradingNet

*Atenção: para ter acesso à um Conteúdo de Formação de Traders GRATUITO, do Básico ao Avançado, elaborado pelo nosso time de especialistas, acesse o link abaixo e inscreva-se em nossa Área de Membros:

>> EU QUERO: http://ead.youtrading.com/login