LIBRA testa região de Resistência de olho nos dados de Inflação – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

LIBRA testa região de Resistência de olho nos dados de Inflação

///
Comentário0
/
Categories

Para quem acompanha e gosta de negociar a Libra Esterlina, esta quarta-feira foi dia de madrugar. Às 5h30 da manhã (horário de Brasília) foram divulgados dados referentes à Inflação no Reino Unido. Era esperado que a Inflação Anual permanecesse em 2,7%, ao passo que o Núcleo do IPC poderia ter projeções de leve alta de 2,4% para 2,5%.

A Inflação é um dos principais dados econômicos observados pelos Bancos Centrais de todo o mundo, pela capacidade de apontar aquecimento na economia. No caso da Grã-Bretanha, apesar de estar um pouco atrasada em relação a recuperação global, seu desempenho tem se mostrado melhor do que as previsões sombrias feitas no momento da decisão de deixar a União Europeia em 2016 (Brexit).

A última elevação nas Taxas de Juros aconteceu em novembro de 2017, mas alguns membros do Banco Central já cogitam a hipótese de novas altas, o que pode abrir caminho para a tomada de decisão já na próxima reunião em maio. Tudo pode depender da interpretação dos dados de Inflação. Caso apontem que a economia pode realmente continuar seguindo o seu fluxo de reaquecimento, pode ser conveniente que o Reino Unido comporte juros mais elevados para equilibrar a oferta e demanda dos seus produtos e serviços. Caso a Inflação ainda continue amena, o Banco Central pode optar por deixar as taxas nos atuais patamares para não prejudicar esta eventual recuperação econômica.

Partindo-se para a nossa análise gráfica, podemos notar no gráfico diário, como os preços tiveram força suficiente nas últimas semanas para testar a região de resistência compreendida entre 1.4250 e 1.4350. No momento da Análise, temos uma confluência de fatores Técnicos e Fundamentais, que podem se ajudar.

Caso os dados de Inflação sejam altos, ou seja, positivos para a Grã-Bretanha e mais propensos a direcionar a decisão do Banco Central para novos aumentos dos juros, o Mercado poderia ter força compradora suficiente para romper o nível dos 1.4350, podendo subir até os 1.4525 aproximadamente. Se os dados de Inflação saírem negativos, a leitura do cenário pode ser invertida, podendo contribuir para o movimento vendedor nesta zona de resistência, com possíveis quedas até o suporte em 1.3975 e no caso de um cenário mais pessimista, até os aproximados de 1.3700, que também coincidem com a Linha de Tendência de Alta do Longo Prazo.

Vamos acompanhar! Sucesso e bons trades!

 

Rodrigo Rebecchi

Para mais conteúdo sobre Trading, Forex, Educação Financeira, Geopolítica, Macroeconomia e Análises do Mercado, me siga nas Redes Sociais:

 

YOUTUBE: https://goo.gl/3cdUkb

FACEBOOK: https://goo.gl/Q1Pt5g

INSTAGRAM: https://goo.gl/udhn4f

TWITTER: https://goo.gl/aHReb2

LIVE de Forex (Seg às 20h): https://goo.gl/3ihycp