“No rame-rame do Café Trump vai e Trump volta” – Youtrading

Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

“No rame-rame do Café Trump vai e Trump volta”

///
Comentário0
/
Categories

Caro(a) Trader

Semana mais lateral para bolsas: é Trump vai e Trump volta. Em outras palavras elevam-se as tensões e depois diminui-se. Nesta semana o caso foi a elevação com ataque na Síria e a diminuição com a China nas disputas comerciais. Vamos ver os próximos drivers, claro que também pesou uma agenda mais calma. Lembrar ainda que nesta sexta, tem balança comercial chinesa e oferta de empregos americana.

Na semana que vem a agenda promete um pouquinho mais de movimento. Começando na segunda com números de venda no varejo em solo americano e PIB Chinês. Terça é dia de rendimento semanal médio no Reino Unido, percepção econômica na Alemanha e licenças de construção nos Estados Unidos. Quarta é a vez de números de inflação no Reino Unido e na Zona do Euro, além do tradicional estoques do petróleo “in USA”. Já na quinta tem número de vendas no varejo britânico e atividade industrial nos EUA. Na sexta, até o momento, não há nada de relevante na agenda.

Hoje vamos voltar a falar do Café, último artigo foi 16/02, onde abordamos:

“Os preços se mantiveram entre a possível resistência de US$ 132,75 e o possível suporte em US$ 118,05. Os analistas sugeriram que o mercado de café ainda pode estar em compasso de espera de maiores dados da safra 2018/2019 para começarem a se posicionar. Para tentarmos antecipar uma possível direção dos preços, tracei duas LTBs. Uma de maior prazo, vermelha e outra bem curta, amarela. Se os preços romperem a LTB amarela, poderíamos pensar em ligar o alerta para uma direção de alta. Rompendo a LTB vermelha, pode sugerir uma probabilidade maior dos preços somarem força para conseguir romper a região de US$ 132,75, podendo deixar mais clara uma trajetória altista. Caso os preços respeitem estas LTBs, resta esperar um rompimento da região de US$ 118,05 para podermos pensar somente para baixo”.

A seta amarela indica a região de preços do último artigo. Mercado até perdeu o possível suporte mencionado na outra análise e rompeu a LTB amarela mais curta, mas não andou. Para mim o patamar de preços que se encontra pode sugerir uma formação de fundo em torno da região (linha tracejada branca). Café está num rame-rame. Não está indo a lugar nenhum. Provavelmente esperando a aproximação da safra. Vamos ver se com a troca de contrato as coisas esquentem. Para os preços vou alterar algumas coisas. Caso romper a LTB de longo prazo vermelha podemos pensar para cima. Caso romper com vontade o possível fundo podemos pensar em preços mais baixos. Porém atenção para baixo que logo tem possíveis suportes bem antigos. E também pensar que o café está em preços muito baixos. Mesmo com a expectativa de safra alta no Brasil. O que parece estar salvando os produtores é o dólar mais alto, ajudando a pagar os custos. Dependendo da cotação da commodity analistas dizem que não há margem para os produtores.

Até a próxima semana e bons trades.

 

Leo Felipe Senger

Acesse: http://www.eufinancas.com.br