Artigos

A Youtrading disponibiliza para você uma série de artigos

Artigo: no Mercado, procure ver todo o “Elefante”

///
Comentário0
/
Categories

Caro, Trader! Se você já me acompanha há algum tempo sabe que sou um leitor assíduo e para variar estou lendo mais um livro muito interessante sobre finanças, que se chama: “A Cabeça do Investidor”, da Dra. Vera Rita de Mello Ferreira. Tive a oportunidade de assistir sua palestra no evento SOBRE INVESTIR realizado em Novembro do ano passado. Uma palestra EXCELENTE, com muito conteúdo passado de forma descontraída, o que facilitou a absorção. Se quiser saber mais sobre o assunto, clique nos links abaixo:

Palestra: https://business.facebook.com/marketnews1/photos/a.666748246735856.1073741828.666737106736970/1525463230864349/?type=3&theater

Cobertura:

https://business.facebook.com/pg/marketnews1/photos/?tab=album&album_id=1525211410889531

09 - Terça - Rebecchi - Elefante 02

Dito isto, vamos ao nosso Artigo da semana. Para nossa discussão, quero trazer uma abordagem citada na página 46 do livro mencionado acima: “O elefante, aqui, é o protagonista da conhecida metáfora: se houvesse um elefante numa sala escura e diversas pessoas apalpando uma pequena parte dele, cada um teria uma percepção diferente do que se tratava e poderia facilmente imaginar que fossem bichos ou outros objetos completamente diferentes! Uma pata poderia parecer um tronco de árvore, uma presa seria um objeto de arte, a orelha, um pedaço de couro flexível e por aí vai.

Em geral, acreditamos que estamos vendo cenários completos à luz do dia, mas será que estamos mesmo? Analisar o Mercado Financeiro é o tipo da coisa que enguiça com a maior facilidade – a gente acaba olhando só um pedacinho da história e sabe Deus o que cada um sai imaginando que seja a realidade…”

Achei fantástica essa analogia porque era o que acontecia comigo até alguns anos atrás operando FOREX. Errava muito minhas operações porque não conseguia “ver todo o elefante”. Quando comprava, o Mercado estava começando a descer e vice-versa. Estava sempre sofrendo na mão invertida. Tudo começou a fazer sentido e a melhorar nos meus trades quando aumentei o prazo das operações e passei a negociar nos períodos maiores (diário e semanal). Parece que as zonas de suporte e resistência realmente poderiam ser respeitadas e a amplitude dos movimentos agora poderia ser compreendida.

Nos períodos menores, inferiores a 4 horas por exemplo, pode ser muito fácil de sermos “enganados” pela movimentação dos preços. Na maioria das vezes, podemos achar que uma queda já terminou e começamos a comprar, mas ao analisar no gráfico semanal, podemos notar que na verdade, o Mercado ainda pode cair bastante e que esta “ameaça” nos períodos menores pode ser apenas uma pequena correção do movimento maior.

Se você está passando pelas mesmas dificuldades que passei alguns anos atrás, por que não tenta operar nos prazos maiores? Pode ser mais fácil de analisar o Mercado e acertar suas ordens. Vendo o gráfico como um todo, você poderá “ver todo o elefante” e executar sua estratégia com maior assertividade.

Grande abraço e sucesso!

Deixar um comentário