Evoluindo como Trader

Evoluindo como Trader

//
Posted By
/
Comentário1
/
Categories

Bom, neste post gostaria de abordar um assunto bastante interessante. Muita gente, quando conhece o mercado, devido às oportunidades praticamente infinitas que ele oferece, tende a entrar de forma nas operações, seja por falta da formação correta, pela mentalidade errada, pela influência dos brokers em captar a atenção dos clientes ou por pura ganância.

Estes novos traders acreditam que encontraram a maior oportunidade de suas vidas (e de fato sim, encontraram). Mas esta, só será a maior oportunidade das suas vidas se eles souberem o que fazer com ela, caso contrário, será somente mais uma perdida.

O fato é que, quando conhecemos o mercado, somos levados a acreditar que podemos ficar rico em 3 meses e começando com apenas 200 dólares. Infelizmente, isto não é verdade. Não ficaremos ricos em 3 meses com 200 dólares, nem com 100 mil dólares. O mercado sim oferece um fluxo contínuo de oportunidades, mas isto não significa que nós seremos capazes de aproveitar TODAS elas. Pensar assim seria o mesmo que conseguir pescar todos os peixes do rio. Seria impossível.

Quando as pessoas começam a negociar, devido à euforia do mercado, tendem a querer “queimar etapas”. Não se dão ao luxo de aprender devidamente como negociar, não buscam informações a respeito do mercado e começam imediatamente a negociar numa conta real. Infelizmente, o futuro deste trader é quase certo: ele vai perder dinheiro. Isto não é apenas o problema, afinal, todos perdem e recuperam dinheiro ao longo da vida. O problema é o estado emocional que uma perda causa.

É neste momento, quando um novo trader perde dinheiro, que pode ser decidido seu futuro no mercado. É como se ele tivesse em uma encruzilhada, diante de 2 caminhos. Se aceitar que perdeu e decidir se vingar ou tentar recuperar o prejuízo, muito provavelmente perderá ainda mais. A menos que mude sua atitude, o prejuízo continuará aumentando quando já não tiver mais como negociar. Como o ser humano pode ser bastante resistente, acaba perdendo o dinheiro pra negociar antes de chegar ao seu limite de dor psicológica. Ou então, pode aceitar que o mercado é soberano, não se dobra a ninguém e que está sempre certo.

Quando o trader entende isto, para de culpar o mercado e aceita que o erro foi seu e procura ver onde errou. Esse caminho levará a um aperfeiçoamento, não somente em relação ao mercado, mas também uma evolução como pessoa. As perdas não deixarão de existir e eventualmente ele cometerá um ou outro erro. Se a atitude mental com relação às perdas for a mesma humildade de aceitar que a culpa é sua, prosseguirá em seu caminho de evolução e, com o tempo, sem que perceba, se tornará um trader lucrativo.

Quando isso acontecer, notará que nem tudo é culpa sua. Às vezes, o sistema dá um sinal, ele age com total disciplina e ainda assim o trade dá errado. De quem é a culpa então? Do mercado? Não. Do trader? Não. Não é de ninguém. Aquele foi simplesmente um trade que não deu certo e o trader de sucesso entende que isso acontece e acontecerá de tempos em tempos. Não existe nada errado com isso.

Em último estágio de evolução, não sentirá medo de negociar, vergonha em assumir seus erros e estará disposto a aprender com eles. Estará totalmente livre da necessidade de estar certo sempre e a ideia de que o mercado é soberano estará fixa em sua mente. Ele também compreenderá que cada operação é um evento individual e único em uma série de eventos, portanto, se perdeu ou ganhou nas últimas 5 operações, não significa que ganhará ou perderá na próxima.

No último nível de evolução, negociar se torna uma atividade mental automática. Não há necessidade de racionalizar, basta, apenas, agir, pois negociar se tornou uma parte de quem é o trader. Negociar se tornou algo tão natural e simples que nem pensa sobre isso, apenas faz, sem mais.

É como o servente de pedreiro (eu já fui) que se arrisca a assentar um tijolo. O primeiro tijolo é milimetricamente medido e enquanto o pedreiro leva 10 segundos pra colocar um tijolo, o servente leva 3 minutos e meio, equilibrando a massa no tijolo, vendo como a massa insiste em cair pelo buraco do tijolo, alinhando-o e tudo mais. Enquanto assiste ao pedreiro colocar, não sabe de onde vem tanta desenvoltura pra colocar a massa e a destreza com as mãos. O pedreiro, por sua vez, nem pensa nestes detalhes, apenas coloca um tijolo depois do outro e quando o servente pergunta: “como você faz para que a massa pare direitinho no tijolo?” A resposta é sempre: “assim ó” e ele mostra. Então, o servente vê, mas por alguma razão, não consegue reproduzir da mesma maneira e o pedreiro não consegue explicar como fazer igual, porque já não pensa sobre isso, mas age de forma natural, com base naquilo que ele é: pedreiro.

E como o ajudante se torna em pedreiro (afinal ninguém nasce pedreiro)? Pela prática. Simples assim. Não existe método pra se tornar pedreiro. É preciso colocar a “mão na massa”. Você pode fazer um curso pra se tornar engenheiro, pra ser arquiteto, mas pra ser pedreiro tem que colocar a “mão na massa”. Tornar-se um trader de sucesso é como tornar-se um pedreiro, você só aprende fazendo, mas também, é imprescindível que você tenha a mentalidade correta.

O trader consistente (e esse é o maior de todos os objetivos do operador) não mentaliza sobre o que está fazendo, ele simplesmente faz. Ao tempo que os traders novos procuram uma “fórmula” pra fazer as coisas, mas essa fórmula não existe.

A minha recomendação pra você é que pratique muito, muito mesmo. E quando as perdas chegarem (e elas chegarão), tente descobrir onde está o erro, mas nunca atribua o erro ao mercado, pois ele está sempre certo. Se por acaso decidir culpá-lo pelos seus erros, perderá a chance de evoluir como trader e provavelmente entrará no “eterno looping” de perdas e mais perdas consecutivas e, uma vez estando dentro desse círculo vicioso, é muito difícil sair.

Um grande abraço, fique com Deus e até mais.

Dyogenes Rodrigues. É professor da Youtrading e fundador do blog: Diário Fx Online – Formando Traders Independentes. Para mais informações ou artigos desse tipo, acesse: www.diariodeforexonline.com.br

1 Resposta

Deixar um comentário